16 de fevereiro de 2017

Simplesmente o Paraíso - Julia Quinn - Quarteto Smythe-Smith # 1


Honoria Smythe-Smith sabe que, para ser uma violinista ruim, ainda precisa melhorar muito…

 Mesmo assim, nunca deixaria de se apresentar no concerto anual das Smythe-Smiths. Ela adora ensaiar com as três primas para manter essa tradição que já dura quase duas décadas entre as jovens solteiras da família. Além disso, de nada adiantaria se lamentar, então Honoria coloca um sorriso no rosto e se exibe no recital mais desafinado da Inglaterra, na esperança de que algum belo cavalheiro na plateia esteja em busca de uma esposa, não de uma musicista.

Marcus Holroyd foi encarregado de uma missão…

Porém não se sente tão confortável com a tarefa. Ao deixar o país, seu melhor amigo, Daniel, o fez prometer que vigiaria sua irmã Honoria, impedindo que a moça se casasse com pretendentes inadequados. O problema é que ninguém lhe parece bom o bastante para ela. Aos olhos de Marcus, um marido para Honoria precisaria conhecê-la bem (de preferência, desde a infância, como ele), saber do que ela gosta (doces de todo tipo) e o que a aflige (como a tristeza pelo exílio de Daniel, que ele também sente). Será que o homem ideal para Honoria é justamente o que sempre esteve ao seu lado afastando todo e qualquer pretendente?

RESENHA:
16/02/2017

Taí um livro que eu achava que ia direto para a lista de favoritos dos romances de época. Achei que me apaixonaria por eles como foi com os Bridgertons, mas não foi isso que aconteceu infelizmente :(
O começo foi bem chatinho, páginas e páginas de nada que me prendesse à leitura e fui me arrastando com ele por muitos dias.
Acontece que - na minha humilde opinião - essa estória não teve nada de diferente, nada que me arrancasse suspiros, nada que me fizesse devorar as páginas.

É um romance bem morninho que, fora um acidente que os colocou juntos, não teve mais nada de interessante. 
Foram longas conversas entre o quarteto sobre músicas, discussões entre elas e muita narrativa sobre o que cada um dos protagonistas estavam pensando.
Não teve momentos hilários ou de paixão incontrolável. Marcus ao contrário da maioria dos mocinhos, não é abusado, nem atirado, nem libertino... nada contra né, mas talvez por isso faltou muita cena romântica entre eles, já que o protagonista é tímido.

Aquela graça das Smythe-Smith serem ruins nos livros dos Bridgertons, aqui não achei isso. Não consegui entender por que elas insistem em passar vergonha mesmo sem gostar de tocar.... não me convenceu.
O final foi gostoso, a maneira como ele a pediu em casamento eu achei muito fofa.
Vou continuar a série sim, claro! Mesmo por que o próximo é com o irmão da Honoria, me parece que de tímido ele não tem nada e fiquei bem curiosa com a estória dele.

A edição da Arqueiro está impecável nesses livros, eu amei!!

14 de fevereiro de 2017

Julia 891 - Um Bebê A Caminho - Lauryn Chandler


Emily Gardiner queria um filho.
Estou ficando velha. Daqui a pouco não poderei mais ter filhos. Preciso fazer algo... e bem depressa. Mesmo que meu amor secreto de infância, Matthew Cárter, não tenha jamais levantado esse assunto, isso não significa que ele não possa ser o pai de meu filho. Tudo que preciso é de um médico, um tubo de ensaio... e o consentimento de Matthew.

Matthew Cárter queria Emily.
Não há possibilidade de eu fazer parte dessa família de laboratório de Emily. Se ela quer um filho, precisa de um marido. Emily sabe por que não quero me casar de novo. Mas é difícil acreditar que ela nunca tenha encontrado o homem certo. Emily seria a pessoa maravilhosa para fazer um marido feliz. E muito feliz.


Meu comentário:
14/02/2017

Faz muito tempo que tenho esse livrinho e folheando ele esses dias, o começo me deixou interessada. Ela sempre amou Matthew em segredo, mas ele se casou com a prima dela e o começo se trata do casamento deles.
Mas depois não passou mais de uma estorinha bem comum, sem nenhuma emoção.

Emily quer muito um filho pois já está com mais de 30 anos e agora que Matthew voltou pra cidade, ela decide pedir à ele que seja o doador e ele de imediato se recusa.
A estória se baseia em algumas conversas entre os dois, nada de namoro ou tensão.
Li em apenas algumas horas.

Download Aqui

4 de fevereiro de 2017

O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn - Os Bridgertons 6

Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.

Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.

Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.

Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.

No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

RESENHA:
04/02/2017

"E ele, que dormira com tantas mulheres, subitamente se deu conta de que nada fora até então além de um menino imaturo. Porque nunca tinha sido daquela maneira. Antes tinha sido o seu corpo. Aquilo era a sua alma."

Não tem como não se apaixonar pelos Bridgertons, pela escrita da Julia Quinn.
Eu amei esse livro e é um dos meus favoritos da série pelo seu diferencial: Aqui o protagonista é completamente apaixonado pela mocinha desde o primeiro dia em que colocou os olhos nela, mas infelizmente ela irá se casar com seu primo.

Francesca, que a gente conhece apenas como a filha viúva dos Bridgertons, se casa por amor com John Stirling, o conde de Kilmartin. Assim como seus irmãos, foi um casamento consensual, sem imposição das famílias.
Mas após 2 anos de perfeita união, ela fica viúva. Completamente sem chão, a única pessoa em que ela quer se apoiar é Michael, o primo do marido com quem ela tem muita amizade. Porém ela nem sonha que ele sempre foi apaixonado por ela e agora que John morreu, Michael fica desnorteado e decide ir embora.
Os três sempre viveram em harmonia e se entendiam perfeitamente, por isso Francesca não consegue entender esse afastamento do amigo.

25 de janeiro de 2017

Paixão ao Entardecer - Lisa Kleypas - Os Hathaways 5


Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança.
Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles.
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga.
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles.
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

RESENHA:
25/01/2017

Sabe quando você fica protelando uma leitura por que é o último de uma série que você adora e sabe que não vai ter mais?
Pois foi isso que aconteceu com esse livro delicioso que já deixava uma sensação de saudade durante a leitura.

Lisa Kleypas fechou com chave de outro essa série maravilhosa! Não achava que fosse gostar tanto como os outros, mas amei!

É um enredo envolvente que começa com uma troca de cartas entre a Bea e o capitão Phelan, mas apenas a protagonista conhece o destinatário. Phelan nem sonha que é a Bea quem escreve as cartas, já que ele enviou para Prudence, a amiga fútil da Beatrix.
Só que Pru não dá a mínima para a carta do capitão e depois que Bea leu, à pedido da amiga, ela sente pena dele e com o seu consentimento, responde por ela.

Isso dá início à uma grande paixão por parte dos dois. 
Em meio de uma guerra gigantesca, onde ele só vê morte e sofrimento, Phelan têm nas cartas o único conforto. E Bea já está perdidamente apaixonada por ele e quando percebe isso decide pôr um fim nas cartas antes que sofra mais. 
Mais uma vez ela procura Pru, que não se importa com o que acontece na guerra, e entrega todas as cartas que o capitão mandou.

Porém quando o capitão volta ansioso para o grande amor da sua vida, ele percebe que ela é muito diferente da mulher que escrevia as cartas e aí..... bom, aí você tem que ler por que além das mensagens serem lindas, o desenrolar é ainda mais.

Eu ri com as situações, sem contar que a família toda é hilária e se encaixa em todos os momentos!
Mas também sofri junto com os traumas que a guerra deixou no nosso protagonista, sem contar que fiquei torcendo para que alguém desse uns tapas na amiga dela.
E por fim, o epílogo foi lindo também. Trouxe momentos de alegria e superação, e foi quando a ficha caiu que agora não teremos mais essa família incrível para nos divertir.

Recomendo simmm!!!!!

LIVROS DE LIVRARIA NÃO TEM LINK PARA DOWNLOAD!

Livros da série:
- Desejo à Meia-Noite - Amélia e Cam - Os Hathaways 1
- Sedução Ao Amanhecer - Win e Kev - Os Hathaways 2
- Casamento Hathaway - Conto sobre o casamento de Win e Kev - Os Hathaways 2.5
- Tentação ao Pôr do Sol - Poppy e Harry - Os Hathaways 3
- Manhã de Núpcias - Catherine e Leo - Os Hathaways 4

30 de dezembro de 2016

Uma Noite Para Se Entregar - Tessa Dare - Spindle Cove # 1


Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.
O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.
Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.

RESENHA:
30/12/2016

Chegando bem a tempo de terminar a última leitura do ano, finalizo com esse romance histórico que há muito tempo está na minha lista e após várias indicações finalmente o li.
Achei essa sinopse bem completa, na verdade ela resume bem o livro então não irei me estender em detalhes, vou apenas deixar minha impressão sobre ele.

É sim um romance clichê, com homens machões e protagonista à frente do seu tempo. Susanna é a típica mulher independente, que sabe um pouco de tudo, inclusive poções de cura que ela mesmo prepara.
Ela cuida de um grupo de moças que aparentemente não se vêem casadas, ou por que não tenham pretendentes, ou por que já desistiram mesmo.
Nisso eu achei o livro bem diferente, e irreal até. Uma cidadezinha liderada por mulheres, onde os homens não mandam em nada, nem mesmo tem um barzinho para beber após o horário de trabalho.
Quando o tenente Victor (ou Bram para os íntimos) chega com seus homens na cidade, as moças já ficam alvoroçadas, afinal nunca viram tantos homens assim na pacata vila.
Só que Susanna tem pavor que isso tire a tranquilidade do lugar e que as moças partam para um outro lugar de descanso.
Acontece que a primeira a cair em tentação é ela mesma! Não resiste ao charme e poder do machão que caiu de paraquedas na vida dela.
Enfim, a estória é gostosa, tem alguns dramas e superações e apesar de ter achado que o final já estava ficando cansativo, ainda assim recomendo a leitura para os fãs do gênero.
Esse é o segundo livro da Tessa Dare que leio e percebi que ela dá uma atenção especial aos que tem certa "deficiência" física. Àqueles que geralmente não tem destaque num romance, mas ela mostra que não precisamos ser perfeitos para sermos mocinhos ou mocinhas. Gostei disso!
Ah, e é muito, muito hot!
Entretanto a leitura não despertou em mim aquela necessidade de ler a sequência com urgência. Vou sim ler, mas sem pressa :-)

LIVROS DE LIVRARIA NÃO TEM LINK PARA DOWNLOAD!

Outros livros da série:
- Uma Semana Para Se Perder - Spindle Cove # 2
- A Dama da Meia-Noite - Spindle Cove # 3
- A Bela e o Ferreiro - Spindle Cove # 3.5

9 de dezembro de 2016

Julia Históricos 1513 - Marquês Apaixonado - Sally Mackenzie - [Nobres Apaixonados 02]


Inglaterra, 1815
Como dizer "eu te amo?"...

Ao fazer o pedido de casamento Charles Draysmith foi tão romântico quanto um juiz dando uma sentença. Tudo bem que Emma Peterson é apenas a filha do vigário, e ele o novo marquês de Knightsdale, e talvez prefira se casar com ela do que enfrentar a horda de moças solteiras e suas mães casamenteiras... Mas quando ele sugere que está tão somente interessado no ato de "encomendar" um herdeiro... Ah, isso já é demais para uma dama de verdade...

Deve haver algo de estranho com uma mulher que atira um bibelô em um homem que demonstra seus interesses. Talvez o modo como Charles fez o pedido não tenha sido dos mais românticos, mas parecia a solução perfeita. Ele conseguiria uma esposa, Emma conquistaria uma posição na sociedade... Tudo muito simples e prático. Só que as coisas não tão simples como parecem... pois para convencer Emma a se casar, Charles terá de fazer algo muito difícil: confessar que está perdidamente apaixonado...

RESENHA:
09/12/2016

"Marquês Apaixonado é, em romance, o equivalente a um bolo de chocolate... cada página é um deleite irresistível!"
Lisa Kleypas

Charles Draysmith volta para casa para assumir o título de marquês após a morte do irmão e da esposa. Eles deixaram duas filhas pequenas, de 9 e 4 anos, que agora precisam ficar sob seus cuidados.
Quando ele chega, reencontra sua amiga de infância Emma, que está cuidando das meninas no momento.
Charles sabe que precisará assumir essa nova vida e nada melhor que Emma para fazer parte disso com ele.
Esse livro é bem despretensioso, bem leve e gostoso! Sem grandes situações ou empecilhos para que fiquem juntos, só por parte dela mesmo que se recusa a se casar sem o amor dele.
As crianças são uma graça e deixa a estória mais divertida, principalmente a mais novinha.
A protagonista é muito, mas muito inocente, chega a ser cômica e realmente me arrancou risos em algumas passagens. O final foi mais movimentado e me deixou ainda mais satisfeita.
Recomendo pra quem quer um livro curtinho e leve para espairecer :-)

Download AQUI

Esse livro é o segundo de uma série de 5 👇

Julia Históricos 1499 - Duque Apaixonado (James Runyon e Sarah Hamilton) [01]
Julia Históricos 1546 - O Cavalheiro Apaixonado - (John Parker-Roth e Margaret Peterson) [3]
Julia Históricos 1569 - Barão Apaixonado (David Wilton e Grace Belmont) [4]
Julia Históricos 1583 - O Conde Apaixonado (Robert Hamilton e Elizabeth Runyon) [05]


29 de novembro de 2016

Volta Para Mim - Mila Gray


Kit Ryan está de volta à sua amada Califórnia, de folga do serviço militar. Conquistador inveterado, ele só quer aproveitar as quatro semanas livres antes de retornar ao trabalho, mas se vê atraído pela irmã de Riley, seu melhor amigo. Há tempos Jessa Kingsley chama sua atenção, porém a família super protetora dela sempre foi um obstáculo.
Desta vez, contudo, Kit desiste de lutar contra os próprios sentimentos e logo Jessa se rende ao seu charme. O que começa apenas como um romance de verão rapidamente se torna um relacionamento apaixonado.
Quando chega a hora de Kit voltar ao serviço com Riley, nem ele nem Jessa estão prontos para se despedir. Ela enfim está seguindo os seus sonhos e ele descobriu alguém por quem sacrificaria tudo. Jessa promete esperá-lo e Kit garante que voltará para ela. Não importa o que aconteça.
Mas então uma visita inesperada traz uma notícia trágica: uma das pessoas que ela mais ama morreu em serviço. Quem terá sido? Seu irmão ou seu namorado?

Em Volta Para Mim, Mila Gray constrói uma história de tirar o fôlego sobre amor, amizade e família, conduzindo o leitor por uma jornada de superação e autodescoberta.

RESENHA:
29/11/2016

Para quem gosta do gênero jovem adulto, pode ser um prato cheio. Como esse não é 
um gênero que gosto, acabou não me empolgando.
Já estava esperando uma estória bem clichê e realmente foi. 
Um romance bem água com açúcar contado em primeira pessoa ora por Jesse, ora 
por Kit, intercalando os capítulos.
Jesse começa contando sobre ela e Kit e no capítulo seguinte ele conta à partir de onde parou e assim sucessivamente.
Jesse tem um pai terrível, aquele cabra macho que todos tem medo até de respirar perto. Sua mãe é submissa e não se pronuncia e somente seu irmão Riley é que dá a sensação de aconchego de família.
Quando ela começa a se envolver com Kit, sabe que eles têm apenas 1 mês juntos antes que ele e seu irmão partam em outra missão, onde eles ficarão por mais um ano.
A estória vai contando sobre as fugidinhas dos dois para ficarem juntos, se escondendo dos pais e irmão - ela tem 18 anos e ele 21 - então o "problema" mesmo deles é o medo que o pai dela descubra e também a partida do Kit.
Já estava quase desistindo desse romance adolescente quando um pouco antes deles partirem algo acontece e aí o livro começa a ficar bom. Daí até o final foi o que salvou o livro pra mim e algumas partes foram bem tristes, confesso que me arrancou lágrimas.
Ainda assim, não me identifico com o gênero e provavelmente não lerei outros do mesmo.

LIVROS DE LIVRARIA NÃO TEM LINK PARA DOWNLOAD!